SOMOSA históriaAbrangênciaBlog do GleizerDownload SPMFotosBaixa aí óAulas de Bateria MusicalProgramação/ WebrádioFórum
Rádio São Paulo Mais Músicas S.A.
SP MAIS FM 87,7 MHZ
Araraquara de fora dos Trens Regionais

sábado, 2 de março de 2013 - 10:30
Depois de por muitas décadas ter sido sinônimo de cidade ferroviária, o Governador Estadual decidiu deixar Araraquara e região de fora do projeto Trens Regionais. Em 2009 Araraquara era uma das cidades que pleiteava a volta dos trens de passageiros pelo menos entre ela e Campinas. Mas em fevereiro de 2013 veio a ducha de água fria com várias pedras de granizo. Devido a retirada dos trilhos(o novo traçado já está quase pronto),o Governo achou melhor excluir a cidade do projeto, já que os trilhos não mais estariam no centro da cidade e vários bairros. O vereador Elias Chediek Neto e meia dúzia de amantes das ferrovias como eu, apoiava o projeto que visava reaproveitar os trilhos do traçado atual para a implantação de um VLT que atenderia vários bairros ao longo de 15km da via. Mas a prefeitura achou que a implantação deste trenzinho encareceria demais os cofres públicos. A população que não foi esclarecida a respeito do Veículo Leve sobre Trilhos é contra, porque acham que VLT é igual aos trens de cargas lentos barulhentos e longos que causam rachaduras em suas casas. Vão deixar de investir em transporte ferroviário de passageiros por mera burrice. Parabéns Araraquara! Mais uma vez, esta cidade provou ser uma das mais burras das 3 Américas
<< Navigate to sábado, 2 de março de 2013 Adicionar novo comentario
Sr. Ironia
segunda-feira, 23 de setembro de 2013 - 19:28
que piada
Araraquara então vai produzir trens de passageiros, mas não terá os trens para atendê-la!
PQP!
Leoni
terça-feira, 27 de agosto de 2013 - 11:10
"Trens regionais de São Paulo a Brasília"
1ª fase Interligar a ferrovia N/S em GO com a FCA existente passando pelas cidades de Araguari, Uberlândia, Uberaba-MG que hoje se encontram operando somente em bitola métrica, com a implantação de bitola mista, até o ponto que se encontram com a bitola larga em Campinas-SP.

2ª fase Interligar em linha paralela com a N/S passando por Anápolis, Itumbiara-GO, Monte Alegre de Minas, Prata e Frutal-MG e adentrando pelo centro norte de SP na cidade de Colômbia, e seguindo por Barretos, Bebedouro, Jaboticabal, até Araraquara -SP, por uma ferrovia existente já em bitola 1,6 m, ambos os trajetos (fases) como função de linhas troncos.

Fica aí já definida uma potencial rota para trens regionais de passageiros de médio e longo percurso São Paulo - Brasília, passando por muitas destas cidades citadas entre outras, além de um trajeto coerente para cargas, (dupla função) com o fator de sazonalidade igual a zero.

Ligação MG com o porto da Bahia via Pirapóra, utilizando parte de trechos desativados no passado pela RFFSA.

Ramal de ligação do município de Lucas do Rio Verde-MT a Uruaçu-GO interligando com a N/S.

Ramal de ligação de Bacarena / Belém-PA a Açailândia / São Luís-MA ~450 km interligando com a N/S, para navegação de cabotagem EF-151.

Ligação de Porto Murtinho-MS a Panorama-SP ~750km e a partir daí interligando com a N/S, pelo interior de São Paulo até Colômbia por ferrovia existente com a N/S, EF-151.

Não coloquei como prioridade 0ª fase a urgência da entrada em operação do trecho pronto da N/S que de tão obvio se torna um absurdo estas providencias.

A maior parte destas propostas é a de se utilizar ao máximo os trechos ferroviários existentes que se encontram desativados ou subutilizados, e os trechos novos complementares se limitam a;

1-Ligação fer. N/S Anápolis / Itumbiara-GO Colômbia-SP ~350 km.
2-Ramal de ligação do município de Lucas do Rio Verde-MT a Uruaçu-GO interligando com a N/S.
3-Ramal de ligação de Bacarena-PA ao Açailândia-MA ~450km para navegação de cabotagem interligando com a N/S.
4-Ligação de Porto Murtinho-MS a Panorama-SP ~750km interligando com a N/S, EF-267 pelo interior de São Paulo por ferrovia existente, que já se encontram interligadas com a N/S em Araraquara.

Notas:
Iª Com estas propostas ficam suprimidos os trechos Anápolis-GO / Estrela do Oeste –SP ~2255 km e Estrela do Oeste / Panorama-SP ~ 160 km.
IIª Define a cidade de Panorama-SP de onde deve partir rumo ao Rio Grande do Sul da continuação da fer. N/S.

Este texto se complementa com o "Como conseguir 700 km de ferrovia a custo mínimo" de Paulo Roberto Filomeno
Raça
segunda-feira, 25 de março de 2013 - 11:34
raça infeliz
Políticos e assim como povo Brasileiro, são uma raça inferior e infeliz
3 records total        
Adicionar novo comentario
Seu Nome   
Assunto   
Content   
Please type the confirmation code you see on the image into the field below.
*Required fields

11111111110000001000100010000000100010001111111111001100110000001100110010000000111100001010101011110000110011001000100011111111


Categorias
Archive
junho de 2022
abril de 2022
setembro de 2019
maio de 2019
março de 2019
novembro de 2018
setembro de 2018
agosto de 2018
julho de 2018
junho de 2018
SOMOSA históriaAbrangênciaBlog do GleizerDownload SPMFotosBaixa aí óAulas de Bateria MusicalProgramação/ WebrádioFórum